Se até alguns anos atrás a palavra ” trotinete ” era associada a um brinquedo com o qual muitas crianças se divertiam, hoje em dia é um verdadeiro meio de transporte urbano. Há imensos sites com guias de compras e reviews de trotinetes.

Ecológica, elegante, fácil de conduzir mas sobretudo uma alternativa rápida para aniquilar literalmente o desconforto do trânsito citadino, a scooter eléctrica é cada vez mais adorada pelos adultos, que a preferem ao carro para as viagens diárias.

Devemos, no entanto, ser honestos, a trotinetes elétrica é um objeto que não conhece meias medidas, ou você a ama ou você a odeia. Mas independentemente do gosto, é inegável que é o meio de transporte que acima de tudo consegue encurtar as distâncias dentro da cidade onde dominam as longas filas de carros.

Então se você quer comprar uma scooter elétrica ou apenas quer saber mais, você veio ao lugar certo. Nas linhas seguintes vamos explicar com precisão e de uma forma muito fácil e intuitiva, todas as características da melhor scooter eléctrica, vamos entender quais são as diferenças entre os vários modelos e vamos sugerir-lhe quais os aspectos a avaliar durante a compra.

Como são feitas as melhores trotinetes elétricas

As trotinetes eléctricas são, como pode facilmente adivinhar pelo seu nome, veículos alimentados por baterias recarregáveis. Normalmente eles podem ter duas rodas, ou três se você quiser mais estabilidade. .

Para recarregar a bateria, basta ligar o carregador de bateria fornecido a qualquer tomada de parede, mesmo a de casa. Uma carga completa da bateria garante o funcionamento do veículo durante cerca de 30 km; claro que algumas variáveis têm de ser tidas em conta:

  • o peso do condutor,
  • a potência do veículo,
  • a encosta da estrada,
  • pressão dos pneus,
  • a qualidade do solo, etc., etc.

A velocidade que as scooters eléctricas podem atingir pode variar de 12 km/h a cerca de 36 km/h, também neste caso a gama é determinada pelas variáveis acima listadas.

Quanto aos controlos, estes são normalmente colocados no guiador, estamos a falar de controlos básicos como o acelerador e o travão.

No que diz respeito ao aspecto estético, estes veículos têm normalmente um design simples e linear, mas podem ter estilos diferentes com uma gama de escolhas que vai desde o estilo mais antigo como a Navalha até ao estilo mais futurista desenhado por novas empresas emergentes.

Além do aspecto estético, as scooters eléctricas também diferem na capacidade da bateria, que pode ser mais ou menos potente. A maioria dos modelos no mercado, além disso, não exige carta de condução ou seguro.

Em comparação com os primeiros protótipos colocados no mercado, os novos modelos de scooters eléctricos que existem hoje no mercado têm tecnologias de carregamento e eficiência de motores cada vez maiores, razão pela qual são cada vez mais apreciados e escolhidos como uma alternativa aos meios de transporte tradicionais.

Guia para a escolha de trotinetes elétricas


Quando você está prestes a comprar uma trotinete elétrica, a primeira pergunta que surge é: Qual é o melhor modelo?

Bem, nós respondemos a esta pergunta dizendo que não há melhor modelo do que outros, porque as necessidades de quem o compra são diferentes, não é possível fazer um produto que possa satisfazer todas as necessidades ao mesmo tempo. Isto não significa, contudo, que não seja possível encontrar a scooter eléctrica perfeita para as suas necessidades.

Na verdade, cada pessoa tem o seu próprio estilo, algumas pessoas preferem usar o veículo sentadas a ficar de pé, outras preferem a praticidade de um produto dobrável, enquanto outras preferem robustez e desempenho superior. É por isso que os fabricantes devem necessariamente criar modelos diferentes para satisfazer as necessidades de todos.

Então vamos ver todos os parâmetros a considerar ao decidir comprar uma trotinete.

O Estilo

Dissemos anteriormente que as trotinete eléctricas podem ser de estilos diferentes, dependendo das características que possuem:

  • robustez
  • selim
  • peso e praticidade
  • reutilizável

Basicamente, uma trotinete é definida pela presença de um quadro de passagem, ou seja, sobre o qual ambos os pés podem ser colocados planos enquanto se conduz.

Uma vez estabelecido isto, muitas oportunidades se abrem, dependendo do tipo de uso que você vai fazer.

Se, por exemplo, precisar de um veículo prático para levar consigo para cima e para baixo um autocarro, deve optar por um produto leve e dobrável, de modo a reduzir ao máximo as dimensões gerais. Se, por outro lado, a trotinete eléctrica se destina a um percurso particular e difícil, é melhor escolher uma mais robusta, com pneus maiores, equipada com suspensões que amortecem qualquer desnível no solo e a presença de faróis, semelhantes aos montados em motocicletas.

Se, por outro lado, prefere conforto, pode escolher um modelo equipado com um banco horizontal que permite a condução a partir de uma posição sentada. Obviamente, este tipo de modelo é mais volumoso, pois não pode ser fechado.

Peso do viajante ou da carga

O desempenho das trotinete eléctricas também é influenciado pela carga a que estão sujeitas.

A capacidade mínima das trotinete adultas é de 70 kg, por isso pode realmente variar ao longo de um número infinito de modelos.

Quando o peso aumenta, no entanto, terá de escolher um produto mais robusto e resistente, existem trotinete eléctricas que podem suportar pesos até 140 kg, mas obviamente a maior robustez reflecte-se no preço.

Velocidade, duração e recarga da bateria

Estes parâmetros são úteis para programar o uso que você quer fazer da trotinete. Partindo do princípio de que tanto a velocidade como o alcance dependem do tipo de terreno, do peso do condutor e também das condições meteorológicas, o fabricante fornece alguns valores básicos. Estes, a partir das premissas que fizemos, devem ser tomados como valores de estimativa precisamente porque estão sujeitos a diferentes variáveis.

Especificamente em velocidade devemos especificar que o intervalo entre o mínimo e o máximo é muito pequeno porque é regulado por limites precisos, diferentes do campo e da cidade, mas sempre muito pequenos. Algumas trotinete são aprovadas para serem conduzidas na estrada, mas na maioria dos casos estes veículos são utilizados em ciclovias ou pavimentos, pelo que a velocidade será naturalmente mais baixa.

No que diz respeito à fonte de alimentação, por outro lado, uma bateria de iões de lítio recarregável é instalada nas trotinete. A vida útil da bateria, se mantida adequadamente, é de 2 anos. O que deve ser considerado, no momento da compra, em relação à bateria, são basicamente 3 parâmetros:

  • capacidade: ou seja, quanto tempo dura uma única carga, ou seja, autonomia do veículo
  • duração: ou seja, após quantas recargas completas a bateria precisa ser substituída
  • tempo de carga: ou seja, quanto tempo leva para a bateria atingir a carga total antes de poder ser utilizada.

A estrutura: rodas, suspensão e travões

De particular importância é também o aspecto puramente estrutural da trotinete eléctrica. Rodas, freios e suspensão devem atender perfeitamente às necessidades do motorista.

No que diz respeito às rodas, as montadas nas trotinete básicas para adultos são emborrachadas, pequenas em tamanho, portanto adequadas para pistas planas, e têm pneus que podem ser com ou sem câmaras-de-ar.

Se quiser aumentar a performance do veículo é bom inclinar-se para rodas um pouco maiores que lhe permitam aumentar um pouco a velocidade, mas não só, as rodas grandes são recomendadas se o percurso tiver buracos, solavancos, caleiras ou se decidir sair da estrada. Por outro lado, as rodas grandes não são adequadas para percursos de subida.

A suspensão, por outro lado, requer que, para ter uma melhor experiência de condução, sejam montadas tanto nas rodas dianteiras como traseiras e devem ser sólidas e capazes de absorver os choques. A opção sobre ambas as rodas, no entanto, é a mais cara.

Finalmente, no que diz respeito aos freios, é bom saber que eles representam o sistema de segurança mais importante da trotinete elétrica. Eles podem ser de três tipos diferentes:

  • tambor
  • núcleo
  • disco

Dependendo do modelo que você escolher, os freios podem ser montados

  • apenas na roda da frente
  • somente na parte de trás
  • em ambas as rodas.

Tipo de terreno e condições climáticas

Ao escolher a trotinete certa para você, você também deve levar em conta o tipo de terreno no qual você vai usá-la. Por exemplo, se você é de constituição média e planeja usá-lo em terreno plano, a escolha pode recair sobre um modelo de 300w. Se o terreno se tornar mais desafiador, em subida ou fora de estrada, você precisa aumentar um pouco a potência do motor e escolher modelos de 500w.

Outro aspecto a considerar são as condições climáticas na área de utilização. Na verdade, se você planeja usá-lo em áreas muito quentes e ensolaradas, você pode variar em todos os tipos de modelos e o uso é quase independente das condições climáticas.

Se, por outro lado, você se encontra em ambientes mais úmidos e chuvosos, você precisa prestar mais atenção. Em princípio, a maioria dos modelos resiste bem a um pouco de chuva. A lambreta eléctrica pode avariar se estiver numa tempestade súbita. Nestes casos é necessário não molhar o motor, evitando o risco de bloqueio repentino e consequente quebra.

Embora a trotinete possa ser usada durante todo o ano, é bom reservar o uso para períodos muito quentes ou muito frios, evitando períodos de chuva ou umidade alta.

Preço da trotinete eléctrica

O último parâmetro a considerar é certamente a parte de dinheiro planejada para a compra.

Vamos colocar imediatamente um limite abaixo do qual você nunca deve descer se você quiser comprar um bom produto, este nunca deve ser inferior a 100 euros.

Um produto desta gama de preços permite-lhe ter fiabilidade suficiente e um desempenho aceitável.

Se você quiser ter um produto em vez de boa qualidade, o preço sobe para 300 euros, enquanto que para ter uma qualidade ótima você deve esperar gastar cerca de 800 euros.

Durante a fase de compra, além da disponibilidade de dinheiro, você deve considerar que, ao escolher uma trotinete elétrica, você está fazendo um investimento que lhe permitirá cortar as despesas de deslocamento pago até agora e reduzirá significativamente o impacto ambiental do meio de transporte utilizado para viagens diárias curtas, e a longo prazo não deixará de mostrar a utilidade real.

Como funciona a trotinete eléctrica?

Vejamos agora, breve e simples, como funciona a trotinete eléctrica. Já dissemos que para serem alimentados precisam de uma bateria, muitas vezes é de ião de lítio, mas também há modelos com bateria de chumbo-ácido.

Estes tipos de baterias permitem carregar energia suficiente para percorrer entre 15 e 60 km (sujeito aos parâmetros de que falámos anteriormente).

Na prática, é assim que funciona: o motor, montado num chassis, recebe a carga eléctrica da bateria graças a um sistema de cabos. Quando o motor gira, gera potência que é transferida para as rodas, o que, ao girar, permite que o veículo se movimente.

Quanto mais potente for o motor, maior é a velocidade que a trotinete eléctrica pode atingir, em média não superior a 32 km/h.

Por que decidir comprar uma trotinete elétrica?

Com a crescente necessidade de reduzir o consumo de combustíveis fósseis, nasceu a necessidade de ter um meio de transporte urbano ecológico e, ao mesmo tempo, funcional.

A trotinete eléctrica responde perfeitamente a esta necessidade, concentrando-se totalmente em vários pontos:

  • velocidade: entendida não como a velocidade do veículo em si, que temos visto ser muito limitada, mas na velocidade de movimento que ele permite ter. Filas em fila canceladas pela redução pela metade do tempo de viagem dos percursos habituais
  • Economia a longo prazo: se a princípio gastar 300 euros pode parecer pesado, a compra de uma trotinete poupará o dinheiro gasto em combustível, seguros e vários custos de manutenção.
  • resolver o congestionamento do trânsito: se mesmo apenas um quarto das pessoas que usam o carro para viagens pela cidade optassem por se deslocar com uma trotinete, o congestionamento do trânsito seria apenas uma memória distante
    eles são ecológicos: dissemos há pouco, o funcionamento elétrico permite diminuir o uso de combustíveis fósseis, com grande vantagem para o sistema ecológico.
  • são versáteis: dependendo do modelo que escolher, podem ser utilizados em qualquer tipo de terreno, por isso permitem-lhe chegar a qualquer lugar. Se você escolher um modelo de alta potência, você pode viajar em diferentes tipos de estradas com o mesmo veículo.
  • são confortáveis e fáceis de manusear: a possibilidade de ter disponíveis modelos dobráveis permite que sejam facilmente transportados para qualquer lugar, enquanto que a adição do acessório do assento permite uma condução mais confortável enquanto sentado, existem também alguns modelos em que o assento pode ser colocado e removido conforme necessário
  • design para todos os gostos: dada a rápida difusão deste tipo de veículo, a competição entre as várias marcas centra-se, entre outras coisas, no design. Isto permite-lhe ter uma ampla escolha a nível estético com modelos que lembram a lendária Vespa, outros que se assemelham a bicicletas vintage, outros até trotinete e outros que se assemelham a grandes veículos todo-o-terreno com rodas importantes e motores potentes.
  • Facilidade de estacionamento: a trotinete elétrica pode ser estacionada em quase qualquer lugar, não há mais voltas intermináveis em busca de estacionamento como se estivesse usando o carro.

Os melhores modelos de trotinete elétricos do mercado:

Como você pode adivinhar pelo que foi dito até agora, os melhores modelos de trotinete elétricos disponíveis no mercado são muitos, então você pode ficar confuso entre as diferentes opções de escolha. É por isso que pensamos em propor e descrever três das melhores trotinetes eléctricas para adultos e três das melhores trotinete para crianças.

Conclusão

Deste longo exame é claro que a trotinete eléctrica é muito mais do que um jogo para crianças. A nossa escolha vai para :

É um meio de transporte muito válido como alternativa aos tradicionais, sobre o qual ganha de longe tanto do ponto de vista do conforto, da praticidade e finalmente do respeito pelo meio ambiente. Sem esquecer o aspecto econômico que a longo prazo faz a diferença, gerando uma boa economia de dinheiro gasto em combustível, seguros e diversas manutenções.

Em nossa opinião este é o caminho para o futuro, no qual imaginamos a trotinete elétrica como o único meio de transporte urbano, simples, rápido e acima de tudo limpo. Um veículo que lhe permite recuperar o seu tempo passado entre o trânsito e os engarrafamentos de trânsito urbano.